Oferta dos portes de envio em compras superiores a 55€ - Entregas até 3 dias úteis
Home > Consultas > Gravidez

Gravidez

A gravidez é um processo natural na vida da mulher com alterações fisiológicas, a nível físico, hormonal e emocional, que podem acarretar desconfortos que comprometem o seu bem-estar assim como o do casal.

O feto que se está a desenvolver no útero tem um ritmo próprio de atividade que é importante estar atento e criar interação.

Desmistificar mitos e esclarecer dúvidas e anseios, estar atenta aos sinais e sintomas de alerta e empoderar a mulher/casal para o parto. Cuidar da gravida e casal de uma forma holística e personalizada é que os nossos especialistas têm para lhe oferecer nas consultas ao longo da gravidez.


Na gravidez, devido às alterações hormonais, posturais e á compressão do útero sobre as principais veias de retorno do sangue ao coração, é muito frequente o aparecimento de sintomas como sensação de peso e cansaço nas pernas, retenção de líquidos, sensação de formigueiro, aparecimento de derrames, varizes e dor.

Todas estas alterações estão também presentes no pós-parto, podendo, inclusivé, haver um aumento significativo da retenção de liquidos aquando de um trabalho de parto prolongado e/ou de um parto por cesariana.

A DL é a massagem mais segura e mais usada no pré e pós-parto para alívio dos sintomas mencionados, prevenção dos transtornos a nível circulatório, ajuda a eliminar líquidos e toxinas retidas no organismo. Nesta são usadas técnicas manuais muito leves com o objetivo estimular e melhorar o funcionamento do sistema linfático e circulatório

A DL proporciona um bem-estar físico e emocional melhorando a autoestima da mulher proporcionando-lhe uma maternidade mais prazerosa, saudável e feliz.

 

Ref: FISIO-MT1

A gravidez é uma fase em que ocorrem grandes alterações hormonais, físicas e emocionais, com impacto também no pavimento pélvico

A fisioterapia pélvica na gravidez permite:

- dar conhecimento à mulher do seu corpo e alterações que irão ocorrer na gravidez.

- melhorar a função dos músculos do pavimento pélvico e prepará-los para o parto.

- avaliar e prevenir disfunções do pavimento pélvico (incontinência urinária, incontinência fecal, disfunção sexual, obstipação, prolapsos orgãos pélvicos).

- melhorar a mobilidade pélvica e global (exercícios individualizados e adequados à condição física e fase de gravidez, potenciando o trabalho de parto activo).

- prevenir a diástase abdominal patológica.

- prevenir dores/desconfortos durante a gravidez.

- prevenir edemas.

- ensino da massagem perineal.

- potenciar a recuperação pós-parto.

A fisioterapia pélvica melhora a condição geral de vida da gravida, tornando esta fase mais satisfatória a nível físico e emocional condicionando o inicio de parentalidade mais tranquilo e feliz para a mulher e família.

 

 

Ref: FISIO-UROG

A massagem é um recurso não farmacológico que promove o relaxamento muscular e o alívio da dor e desconforto. Pela sua acção na regulação homonal, reduz a ansiedade e o nível de stress da grávida e melhora também o seu sono.

É benéfica em qualquer fase da gravidez sendo a técnica e a posição adaptada a cada fase do ciclo gravídico. A fisioterapeuta especialista no ciclo de vida da mulher tem os conhecimentos e competências mais adequadas para a apoiar ao longo da gravidez.

 No termo da gravidez esta é uma ferramenta indispensável para facilitar e promover a entrada em trabalho de parto espontâneo pela ativação da ocitocina endógena, a segregação ocorre nos atos de afeto, enamoramento e bem-estar, principal hormona responsável pela contração do musculo uterino.

 

 

 

Ref: FISIO-MT1

Esta consulta é dirigida à mulher grávida.

A gravidez além de uma enorme felicidade traz consigo também muitas preocupações relacionadas com as alterações que acontecem no corpo da mulher e com o desejo de ter um bebé saudável.

Assim uma gravidez com escolhas alimentares equilibradas e um estilo de vida saudável vai contribuir para que a mulher se sinta mais tranquila e com mais energia, podendo ainda facilitar o trabalho de parto.

A consulta de nutrição na gravidez deverá ser realizada o mais cedo possível permitindo um melhor acompanhamento durante toda a gravidez.

Na primeira consulta é feita a análise da história clínica, a avaliação antropométrica (nas consultas online os dados antropométricos – peso e altura, são fornecidos pela paciente) bem como o levantamento dos hábitos alimentares para avaliação das rotinas alimentares e da ingestão nutricional da futura mamã.

Após a avaliação individual é iniciado um trabalho de orientação/educação alimentar onde serão fornecidas todas as orientações necessárias para uma otimização do estado nutricional em geral bem como para uma melhor gestão do ganho de peso ao longo da gravidez, como fazer escolhas alimentares seguras (evitando que a saúde da mãe e do bebé sejam postas em risco) e como potenciar a absorção dos nutrientes de maior importância para o desenvolvimento do bebé.

Todo este trabalho é feito respeitando hábitos alimentares, rotinas e contexto cultural e familiar da futura mamã.

Nesta fase pretende-se que haja uma monitorização da alimentação e estado nutricional da grávida assegurando um ganho de peso equilibrado ao longo da gravidez e consequentemente um crescimento saudável do feto.

Duração da Primeira Consulta - 1-1h30 hora

Duração das Consultas de Seguimento - 30 minutos

Todas as consultas incluem um acompanhamento via WhatsApp para esclarecimento de dúvidas pós-consulta.

 

Ref: AMN-NUTRI

A gravidez é um estado de saúde diferente do habitual é uma simbiose perfeita entre dois seres que durante nove acarreta na mulher alterações físicas, hormonais e emocionais que exigem a adaptação e otimização do seu bem estar.

O nascimento de um filho implica no casal alteração de funções, transição para o papel parental, e a redefinição dos papeis na estrutura familiar para receber o bebé.

A Organização Mundial de Saúde apoia a “desmedicalização” da assistência à maternidade, para as mulheres de baixo risco e incentiva à participação da mulher no seu autocuidado. Segundo a OMS as parteiras estão numa posição ideal para cuidar destas mulheres e suas famílias

Na consulta será disponibilizada informação e apoio para vivenciar de forma prazerosa a gravidez e desenvolver conhecimentos para que o casal possa fazer opções conscientes relativas ao nascimento e cuidados ao bebé e família:

- As alterações fisiológicas da gravidez e prevenir ou minimizar os desconfortos

- Alertar para a importância da manutenção da intimidade e dinâmica do casal

- Os tipos de parto – riscos versus benefícios para a mulher e bebé, desmistificar mitos e esclarecer dúvidas ou anseios

- Fatores para promover a amamentação e a adaptação do bebé a vida extra-uterina

- Preparar o enxoval e a mala de maternidade 

- Preparar a chegada a casa

 

Ref: ENF-CAM

A Osteopatia atua sobre as mudanças corporais que ocorrem na mulher durante a gravidez, de forma a aliviar dores e tensões diversas e a prevenir possíveis complicações no posicionamento do bebé na pelve.

Nas consultas de osteopatia gestacional serão aplicadas técnicas que visam:

 - A melhoria da mobilidade articular,

 - O fortalecimento muscular,

 - A redução da pressão intra-abdominal,

 - O alívio das dores lombares e cervicais.

 - O estímulo da circulação sanguínea,

 - A reeducação e controlo dos movimentos respiratórios,

 - A diminuição da ansiedade.

Contribuindo para a promoção da qualidade de vida da futura mamã no período gestacional e criar condições para ter um parto normal mais fácil e menos doloroso.

As técnicas osteopatas no pré-parto não oferecem qualquer risco para a mamã ou para o seu bebé, uma vez que esta medicina complementar baseada na anatomia humana recorre apenas a movimentos manuais suaves.

 

Ref: ENF-OSTEO

Ao longo da gravidez a mulher/casal deve obter informação sobre o trabalho de parto/parto e pós-parto que os permita empoderar sobre este momento único e maravilhoso que é o nascimento do bebé.

O “plano de nascimento” é um documento elaborado pelo casal que serve de eixo mediador entre estes e os profissionais de saúde que iram estar presentes durante todo o processo que envolve o nascimento do bebé.  Este pode ser escrito ou uma linha de orientação para que o casal possa expressar oralmente as suas vontades durante o internamento.

As escolhas de nascimento e a adaptação à parentalidade por parte da mulher/casal são expectativas individuais dos valores famílias, da cultura, da forma de estar na vida de cada um e da informação obtida o trabalho de parto/parto. 

É importante ter em linha e conta se a gravidez é de baixo, médio ou alto risco e que o trabalho de parto e parto não são eventos constantes e previsíveis pelo que no decorrer do processo fisiológico podem advir eventos que obriguem a alterar o plano inicial para garantir a segurança da mãe e do bebé.

A enfermeira especialista em saúde materna e obstétrica (enfª parteira) é um apoio fundamental para a elaboração deste documento pela proximidade com o casal, valoriza as necessidades individuas de cada mulher/casal e respeita as suas escolhas tendo por base o rigor cientifico na informação prestada e experiencia profissional e pessoal.

 O Plano de Nascimento deve ser elaborado idealmente pelas 35/37 semanas de gravidez.

 

Ref: ENF-CAM

A alimentação saudável e equilibrada, nos primeiros anos em particular, é o garante de um alicerce de saúde para toda a vida. O leite materno constitui o alimento ideal nos primeiros 6 meses, após o qual é imperativo o início da introdução alimentar, sendo que nos primeiros dois meses o leite materno constitui grande parte da alimentação diária. Ao ano grande parte dos alimentos já foram introduzidos e já faz todas as refeições de acordo com o padrão da família, contudo o leite deve manter-se se possível ate aos 2 anos como um suplemento alimentar funcionando como uma vacina para reforço imunitário da criança

Esta consulta tem por objetivo incrementar o início precoce, reduzir os desconfortos e problemas mamários, promover a manutenção da amamentação ate quando mãe e bebés e sentirem bem no processo.

- orientar para o inicio precoce da amamentação e a importância do parto normal e do contacto pele a pele.

- dotar de estratégias para reduzir o risco dos desconfortos mamários

- informar sobre os fatores promotores da manutenção da amamentação

- extrair ou coletar leite materno se necessário

- conservar e administrar o leite materno

Sabia que o cubo central do Mimo Natura é um “cantinho amamentação” para as nossas colaboradoras e para todos os pais que diariamente nos visitam.

 

 

Ref: ENF-CAM

Os processos psicológicos da gravidez e da parentalidade são, frequentemente, negligenciados em prol de uma abordagem mais biomédica da gravidez e dos cuidados ao recém-nascido e ao bebé, nos primeiros anos de vida. Neste sentido, na consulta de Psicologia da Gravidez, priorizam-se os pais, numa lógica de intervenção, mas também de prevenção e de preparação, para os desafios psicológicos que caracterizam este período de vida, representativo do ciclo vital da família. A intervenção clínica nesta área incide sobre (entre outras):

- Processos psicológicos da gravidez, da mulher e do homem.

- Ansiedade em relação ao parto.

- Transição para a parentalidade.

- O papel do pai na gravidez.

- Psicopatologia na gravidez.

- Sexualidade na gravidez.

- Interrupção Voluntária da Gravidez.

 

Ref: C-PSI

também poderá gostar

Pós parto
Infância
Ciclo de vida da mulher